A Galiza superará os cinco milhões de turistas pelo aumento dos viajantes no Outono

– A Xunta observa que o progresso é feito na dessazonalização do setor – O mês de novembro foi o mês de maior crescimento deste ano.

Na ausência de dados para dezembro, a Galiza já atinge os 4,9 milhões de turistas, então tudo aponta para que o setor feche 2017 acima de cinco milhões de passageiros. De acordo com a Xunta, o aumento dos visitantes no Outono permitiu alcançar esse saldo recorde, enquanto ao mesmo tempo se avança na “dessazonalizarão” do setor com a distribuição de turistas ao longo do ano.

Os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que novembro foi precisamente o mês de maior crescimento neste ano, com 12% mais de viajantes chegando a 255.853. Esses visitantes fizeram 504.320 pernoites, o que também é um aumento de quase 12%. Nessa evolução positiva, destacam-se os hotéis, quando o número de turistas se recuperou em 11%, com 242.104 pessoas que permaneceram no mês passado neste tipo de estabelecimentos que enchem quase um terço de seus lugares, a maior figura da década. Em outubro, eles já haviam aumentado 6%, com 430.846 visitantes isso se deve a Viagens baratas e as facilidades para pagamento.

 

Nove dos dez viajantes escolhem passar as noites de seus dias de descanso em um hotel ou casa de hóspedes, mas os restantes 10% preferem outras acomodações não-hotel. Os acampamentos são os únicos que sofreram uma diminuição de um quarto dos usuários, dado que a maior demanda está concentrada no verão devido ao bom tempo.

O turismo rural, por outro lado, vive no outono de agosto e é por isso que, em novembro, o número de visitantes cresceu ainda mais do que os hotéis com 13% mais clientes em um ano, passando de 7,472 para 8,485. O alojamento rural é esperado para esta véspera de Ano Novo uma ocupação de mais de 64%, um valor muito acima da média de um mês de baixa temporada, mas é a autonomia com pior previsão e mais de 30 pontos dos 90% esperados a nível nacional . Outra opção para ficar são os apartamentos turísticos, que no mês passado receberam 4.891 viajantes, 6% a mais do que no ano passado.

A Galiza recebeu 256 mil visitantes estrangeiros em novembro, um resultado recorde que supera em quase 201% o número de 2016. Até agora, o turismo internacional aumentou 8,5% e o nacional em 5%.

 

Dados estatais

As estadias durante a noite feitas em alojamento turístico não hoteleiro ultrapassaram 5,8 milhões em novembro, 2,9% a mais que no mesmo mês do ano anterior, de acordo com o INE. No décimo primeiro mês do ano, as dormidas dos residentes aumentaram 7% e as de não residentes aumentaram 1,6%.

As estadias durante a noite por residentes atingiram 1,45 milhões em novembro, com 535.630 viajantes; enquanto os da UE (sem Espanha) são de cerca de 3,8 milhões, com 459.806 viajantes. Do resto do mundo, foram registradas 631.270 pernoites com 98.020 viajantes.

Previous Entries Advogados e mediadores inimigos íntimos? Next Entries FEITIÇO DA VASSOURA